Evitando o roubo de identidade

O que há em um nome? Possivelmente milhares de dólares. Essa é a palavra dos agentes da lei que dizem que os americanos perdem milhões por roubo de identidade a cada ano.

O termo "roubo de identidade" refere-se a um crime em que uma pessoa rouba seu número de Seguro Social ou outras informações privadas. O criminoso então usa essas informações para cobrar itens ou serviços em seu crédito ou simplesmente roubar dinheiro de sua conta bancária. Os ladrões geralmente operam online, tornando especialmente importante tomar precauções ao navegar na Web.

Um novo livro chamado "Geeks On Call Security and Privacy: 5-Minute Fixes" (Wiley, US$ 14,95) pode ajudá-lo a proteger sua identidade. Ele oferece conselhos de especialistas sobre como proteger seu computador, bem como explicações simples e passo a passo sobre tópicos que vão desde a interrupção de vírus e spyware até o backup de seus dados. O livro explica essas dicas e outras em detalhes:

Criptografe os dados do seu computador

Se o seu computador contém extratos financeiros, números de cartão de crédito, documentos comerciais, nomes e endereços de amigos e familiares ou outras informações privadas, considere usar um software de criptografia.

Números de Previdência Social

Nunca use seu número de Seguro Social como login em um site e não forneça seu número de Seguro Social se um e-mail não solicitado o solicitar.

Evite logins automáticos

Alguns sites oferecem para salvar seu nome de usuário e senha para que você possa evitar o incômodo de fazer login repetidamente. No entanto, salvar essas informações pode tornar mais fácil para um ladrão roubar sua identidade.

Sempre sair

Antes de sair de uma conta na Internet (banco online, pagamento de contas, etc.), certifique-se de clicar no botão "Log Off" ou "Log Out". Isso fecha sua sessão no site e impede que alguém invada sua conta clicando no botão Voltar do navegador da Web.

Evite cartão de crédito "Auto Save"

A maioria dos sites de comércio eletrônico permite que você armazene números de cartão de crédito em seus bancos de dados para tornar as transações futuras mais rápidas. Infelizmente, esses bancos de dados são frequentemente alvos de hackers.